Geral, Geral
R$ 15,00

A discussão contida neste livro do Francesco Ricci, tem importância fundamental para todos e todas que, na luta do movimento operário, atuam com uma perspectiva revolucionária e socialista. A cada projeto político, corresponde um projeto de organização e vice-versa. Uma estratégia revolucionária e socialista pressupõe um projeto de organização capaz de dar-lhe corpo e possibilitar sua realização concreta no terreno da luta de classes. A discussão em torno a que tipo de organização precisamos para atingir nossos objetivos políticos – longe de se limitar a um debate organizativo – tem implicações profundamente políticas.Trotsky lutou contra a concepção de organização de Lenin desde 1903 até as vésperas da revolução de 1917, quando finalmente ele e seu grupo entraram no Partido Bolchevique. No entanto, em seu Testamento e em História da Revolução Russa, reconhece que, sem o partido construído por Lenin ao longo de todo o início do século passado, a Revolução de Outubro não teria tido o desfecho que teve. Dessa forma, ao mesmo tempo em que se autocriticava pela posição que defendeu por longos anos sobre o tema, Trotsky assinalava a dimensão da importância que tinha a forma organizativa que deve adotar um partido que quer efetivamente fazer uma revolução socialista para destruir o capitalismo. (...)

Tags:

Quantidade
Adicionar ao Carrinho

A discussão contida neste livro do Francesco Ricci, tem importância fundamental para todos e todas que, na luta do movimento operário, atuam com uma perspectiva revolucionária e socialista. A cada projeto político, corresponde um projeto de organização e vice-versa. Uma estratégia revolucionária e socialista pressupõe um projeto de organização capaz de dar-lhe corpo e possibilitar sua realização concreta no terreno da luta de classes. A discussão em torno a que tipo de organização precisamos para atingir nossos objetivos políticos – longe de se limitar a um debate organizativo – tem implicações profundamente políticas.Trotsky lutou contra a concepção de organização de Lenin desde 1903 até as vésperas da revolução de 1917, quando finalmente ele e seu grupo entraram no Partido Bolchevique. No entanto, em seu Testamento e em História da Revolução Russa, reconhece que, sem o partido construído por Lenin ao longo de todo o início do século passado, a Revolução de Outubro não teria tido o desfecho que teve. Dessa forma, ao mesmo tempo em que se autocriticava pela posição que defendeu por longos anos sobre o tema, Trotsky assinalava a dimensão da importância que tinha a forma organizativa que deve adotar um partido que quer efetivamente fazer uma revolução socialista para destruir o capitalismo. (...)

Autor Francesco Ricci ( Autor)
Colaborações Jorge Breogan (Editor), Leo Misleh (Projeto gráfico), Luciana Candido (Revisor), Maria Teresa Albiero (Revisor), Romerito Pontes (Projeto gráfico)
Tradução Alberto Albiero, Eraldo Strumielloi
Paginas 170
Largura 12 cm
Altura 1 cm
Espessura 18 cm
Peso 195 g